Recenseamento eleitoral

RECENSEAMENTO ELEITORAL

1- Com que idade deverá fazer o Recenseamento Eleitoral pela primeira vez?
R. Nos dias de hoje já não é necessário deslocar-se à sua Junta de Freguesia para efetuar o recenseamento eleitoral, uma vez que é automaticamente lançado na base de dados assim que completa os 18 anos de idade. Deverá, no entanto, possuir o seu documento de identificação atualizado no que concerne à residência. Por exemplo, se reside na freguesia de Vilarinho, o seu Bilhete de Identidade deverá referir como residência “VILARINHO – SANTO TIRSO”. A Lei permite que se possa fazer o recenseamento eleitoral com 17 anos de idade, ficando provisório até completar os 18 anos de idade. Só poderá exercer o seu direito de voto após os 18 anos de idade.

2 – O recenseamento é obrigatório?
R. É oficioso, obrigatório, permanente e único para todas as Eleições ou referendos no território nacional.

3 – Quais os documentos necessários?
R. Apenas o documento de Identificação atualizado, com a indicação expressa da sua residência na Freguesia e Concelho onde se irá recensear.

4 – No caso da pessoa já estar recenseada noutra freguesia, o que deverá fazer?
R. Dirigir-se à Conservatório do registo Civil, ou Loja do Cidadão para atualizar o seu documento de Identificação com a nova residência e automaticamente será lançado na base de dados do recenseamento Eleitoral. Poderá de seguida, após o levantamento do seu Cartão de Cidadão atualizado, consultar o seu novo nº de eleitor neste site: www.recenseamento.mai.gov.pt

5 – No caso do Cartão de Eleitor se ter extraviado, o que deverá fazer?
R. Dirigir-se à Junta de Freguesia onde estava recenseado e solicitar a informação do seu nº de eleitor ou através do site: www.recenseamento.mai.gov.pt

6 – Quando é que me posso recensear?
R. Em qualquer altura. O recenseamento decorre de forma contínua, sendo apenas suspenso 60 dias antes da data de cada eleição (ou 55 dias no caso de cidadãos com 17 anos que completem os 18 anos até ao dia da votação).